Portal Outros400 realizará workshop de checagem jornalística em Belém

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Cansado de boatos na internet? Vem participar do workshop “Fake News e checagem em Belém”, realizado pelo portal Outros400. O curso pretende apresentar técnicas básicas para identificar notícias falsas que circulam pela internet, além de demonstrar como checar a veracidade de informações, matérias e dados publicados diariamente. As vagas no workshop são recompensas aos doadores da campanha Reportagem Outros400. Para participar, é só doar.



Em 2016, o portal Outros400 e a Agência Pública realizaram o Truco Eleições, projeto de fact-checking pioneiro na Amazônia.

A campanha tem como objetivo arrecadar R$ 15 mil, que serão utilizados para financiar três reportagens investigativas sobre Belém. Os temas das reportagens serão escolhidos pelos doadores, que passam a compor o Conselho Outros400: um grupo que poderá fazer sugestões de pauta, acompanhar o trabalho dos repórteres e votar nos temas a serem investigados.

O curso será ministrado pelos jornalistas Moisés Sarraf e Guilherme Guerreiro Neto. Em 2016, junto da jornalista Dominik Giusti, eles compuseram a equipe do portal Outros400 que participou do Truco, projeto de fact-checking em parceria com a Agência Pública, cujo objetivo era checar os discursos dos candidatos à prefeitura de Belém. Cada matéria apontava se dados ou informações veiculadas pelos candidatos estavam corretas, exageradas, fora de contexto ou incorretas.

“Fact-checking ou checagem de fatos é um método jornalístico de verificação de informações, pra saber, por exemplo, se o conteúdo da fala de um político ou de um agente público procede ou não. Esse método parece ainda mais útil em tempos de disseminação de notícias falsas e boatos. Mas tem, claro, seus limites, já que nem tudo é verificável”, explicou o jornalista Guilherme Guerreiro Neto. “Esses limites e todas as potencialidades da checagem dos fatos em contextos de violência e concentração de informação como paraenses vão ser discutidos durante o workshop do portal Outros400, portal pioneiro na utilização de fact-checking na Amazônia.”

HISTÓRIA

O portal Outros400 foi criado por ocasião do aniversário de 400 anos de Belém. No decorrer de pouco mais de um ano de atuação, o portal publicou matérias e reportagens com o objetivo de abordar temas pouco veiculados na grande imprensa ou procurando novas abordagens para os temas em debate. Nesse período, foi premiado com primeiro e terceiro lugares, na categoria webjornalismo, no prêmio de Direitos Humanos realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em parceria com o Sindicato dos Jornalistas (Sinjor). Ainda em 2016, o portal Outros400 teve uma indicação na categoria melhor repórter de webjornalismo do prêmio da Federação das Indústrias do Pará – Fiepa.

Além das vagas no workshop, os apoiadores poderão escolher também outras recompensas, como adesivos, fotos impressas de reportagens premiadas e livros de autores paraenses autografados. O direito a cada um dos brindes dependerá do valor escolhido para ser doado para a campanha.

SERVIÇO

Campanha Reportagem Outros400

Período: 16 de Abril a 16 de Junho

Contato: (91) 98866-0352 / (91) 98165-4577

Link: https://www.catarse.me/reportagemoutros400

Continue lendo...

Guajajara

Sônia Guajajara foi recebida com um canto de saudação na sala da Associação dos Povos Indígenas Estudantes na Universidade Federal do Pará (APYEUFPA), na última